jusbrasil.com.br
17 de Junho de 2021

Entenda a revisão da correção do FGTS

Juri Descomplica, Bacharel em Direito
Publicado por Juri Descomplica
mês passado

De modo geral a revisão da correção dos valores do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) pede a correção dos valores de todos os trabalhadores que foram afetados entre os anos de 1999 a 2013, quando a Caixa Econômica Federal mudou a correção monetária do fundo.

A Caixa aplicou a correção por meio da Taxa Referencial (TR) durante os anos de 1999 a 2013, no entanto, essa correção teve rendimento menor do que a própria inflação, ou seja, o dinheiro dos trabalhadores no FGTS que deveriam estar rendendo positivamente aos trabalhadores fez com que os mesmos tivessem tendo perdas.

Foto Marcello Casal JrAgncia Brasil

Com isso, o recálculo do FGTS pede que seja alterado a Taxa Referencial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumido (INPC) que nada mais é do que o índice de inflação, ou ainda pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Especial (IPCA-E).

Se o STF acatar a decisão, todos os trabalhadores que atuaram de carteira assinada nesse período podem ter direito a correção dos valores perdidos, mesmo aqueles que sacaram parcial ou integralmente os valores do FGTS.

Segundo projeções, um trabalhador que tenha ao atuado ao menos por 10 anos de carteira assinada e uma remuneração média de R$ 8 mil mensais, pode ter direito a mais de R$ 20 mil para receber com a revisão do saldo.

Processo no STF

No ano de 2014 o partido Solidariedade moveu ação pedindo a correção da atual Taxa Referencial para que assim os trabalhadores parassem de perder dinheiro com valores corrigidos abaixo da inflação. No entanto, desde o final de 2017, o índice está em 0 e é menor que a inflação de 1999 quando a mesma foi elaborada.

Assim, no ano de 2020, em julgamento, os ministros do Supremo Tribunal Federal, declararam que a Taxa Referencial é inadequada, contudo, a decisão final acabou sendo adiada para o dia 13 de maio de 2021. (Entretanto, a decisão foi novamente adiada, porém, sem data prevista para ocorrer)

Segundo levantamento do IFGT (Instituto Fundo de Garantia do Trabalhador), considerando o INPC (Índice de Preços Nacional ao Consumidor) caso ocorra essa alteração de TR para INPC, as perdas acumuladas pelos trabalhadores desde 1999 chegam a R$ 538 bilhões.

Antecipe-se dos demais. Para ingressar com a ação da revisão do FGTS e obter o direito do seu cliente, recomendamos esse material de auxílio teórico e prático referente a Tese de Revisão do FGTS 2021. 100% atualizado - Conteúdo p/ advogados

📰 VEJA TAMBÉM:

Conheça a tese da Cobrança do Saldo Pasep dos Servidores Públicos - Material p/ Advogados Atualizado 2021 + 6 Bônus

Restituição de ICMS na Fatura de Energia Elétrica - Material p/ Advogados e Consumidores - Atualizado 2021

Tese da Revisão da Vida Toda. Revisado e atualizado em 2021 - conteúdo completo com auxilio da parte teórica a prática. Clique aqui e veja.


1 Comentário

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Quero rever minhas dúvidas continuar lendo